Partilhar
Clube de Leitura da Josefinas: 5 Conselhos de Chimamanda para educar uma criança feminista

Fotografía: @22miaaaaaa (vía Instagram)

Não podemos parar de destacar isto: a educação e o ambiente em que a criança cresce são fundamentais no seu desenvolvimento. Quer sejam meninos ou meninas, é essencial que os pais saibam como educar uma criança feminista: que é, nada mais nada menos, uma criança respeitadora e com valores de igualdade.

Esta nossa sugestão do Clube de Leitura parece-nos bem apropriada e, mais ainda, essencial em qualquer biblioteca! Em “Querida Ijeawele”, um verdadeiro manifesto feminista, Chimamanda escreve – com a astúcia que lhe é tão característica – de forma a desafiar os papéis de género e as expetativas criadas para meninos e meninas.

Isto é guia perfeito para todas as mães e pais, que, com ele, estarão munidos das ferramentas para contornar situações (infelizmente tão habituais) em que é notória a disparidade de género. Ao todo há 15 lições a retirar, e hoje, partilhamos 5 delas. Juntem-se a nós nesta leitura e descubram as outras 10!

#1 Ensinem a criança de que os papéis de género são absolutamente ridículos;

#2 Sejam deliberados na forma como se relacionam com a criança e a sua aparência;

#3 Ensinem-na a questionar o uso social da biologia para respeitar as normas sociais;

#4 Conversem sobre sexo e comecem a fazê-lo cedo;

#5 Ensinem-na a respeitar as diferenças.

 

Se quer conhecer todas as dicas de Chimamanda, aconselhamos uma leitura atenta do Manifesto “Querida Ijeawele”.

 

Acompanhe o nosso Clube de Leitura no Instagram e partilhe as suas opiniões e sugestões connosco. Boas leituras!

Subscreva a newsletter da Josefinas
e não perca nenhuma novidade
Siga a Josefinas no Instagram
Comprar look
Amarelo Aurora
189USD